Newsletters

CEDR Direto #6

Editorial • Próximos cursos • Eventos • Breves
Janeiro 2024

Editorial

Nesta newsletter damos ênfase ao sénior, pois ser sénior significa recomeçar, ter mais tempo para si e para os seus.  Ser idoso é uma nova etapa da vida, a terceira idade, é um saber aliar toda a experiência que se tem para trás com os novos desafios que surjam nas suas vidas.

É sabido que nos tempos mais antigos, ser Idoso, era um privilégio, era considerado um sábio, era aquele que todos procuravam para pedir um conselho, tanto um Rei sobre guerra como uma criança sobre uma conta aritmética.

Têm experiência! Têm sabedoria! 

Um estudo recente estima que Portugal é um dos países em que o aumento de longevidade será mais significativo. No caso particular das mulheres, tudo indica que em 2030 a esperança média de vida será superior a 87 anos. Sendo Portugal, em 2015, o quinto país europeu com maior taxa de idosos, o que podem fazer os maiores de idade para melhorar a qualidade de vida, mantendo-se ativos e informados e assegurando os seus direitos?

Pois é sobre estes temas que nos vamos debruçar e para tal convidámos o Dr. Frederico Assunção, advogado sénior do escritório de advogados Dantas Rodrigues e Associados, a Enfermeira Filipa Soeiro, diretora técnica da Residencial Sénior de Belverde e a Dra. Ana Sepulveda, Managing Partner da 40+Lab, para nos darem a sua visão jurídica, do cuidador e especializada na Economia da Longevidade.

 Pois ser idoso é muito mais que idade!

Visão Jurídica

Dr. Frederico Assunção
Advogado Sénior Dantas Rodrigues e Associados

Envelhecimento, Dependência e Suas Limitações

Portugal está-se a tornar num país de cabelos brancos.
Estamos a ficar mais velhos a cada dia que passa, e ao mesmo tempo que aumenta a esperança média de vida, a sociedade envelhece, com claras consequências sociais, económicas e culturais.
O envelhecimento da população, a sua dependência e limitações são importantes desafios que teremos de enfrentar no nosso século.
Com o envelhecimento, os séniores começam a apresentar limitações funcionais, com enorme declínio de sua capacidade funcional e cognitiva, nomeadamente, começam a notar que a memória está a falhar, a ter problemas de julgamento, a terem más decisões financeiras e mais dificuldades para gerirem o seu património.

Por isso, é essencial que nessa fase da vida, em que deixamos de cuidar para passarmos a ser cuidados, nos eduquemos de forma a conhecer os nossos direitos, pelo que a formação continua é deveras importante.

 “…é essencial que… nos eduquemos de forma a conhecer os nossos direitos…”

 

Visão do Cuidador

Diretora Técnica Enfª. Filipa Soeiro

Residência Sénior de Belverde

 

«Para a organização ser e parecer ética tem que cada um iniciar um comportamento ético.» (Maxwell, John)

A Residência Sénior de Belverde é uma instituição de apoio à terceira idade, que surge com o intuito de se afirmar como um espaço de apoio e cuidado à população sénior e seus familiares, onde o respeito, a segurança e o bem-estar são princípios fundamentais à nossa prática diária.

Pretendemos promover e prolongar a qualidade de vida de cada utente, concedendo-lhes um projeto de vida individual e digno, de forma a serem respeitados os seus direitos como pessoa nesta fase da vida. Desenvolvemos uma cultura ética na nossa instituição, tendo por base um código de ética, onde são referidos os princípios e valores morais que os colaboradores têm de respeitar e garantir a todos os utentes. Procuramos sempre proporcionar aos nossos utentes o acesso à informação que lhes permita conhecer os seus direitos e poderem, autonomamente, tomar decisões e agir em conformidade.

 “…conhecer os seus direitos e poderem, autonomamente, tomar decisões…”

 

Visão Especializada

Dra. Ana Sepúlveda – Managing Partner da 40+ Lab (Consultora de negócios especializada na Economia da Longevidade)

O cuidador, a lei e o sénior cuidado

Dedico-me aos temas relacionados com o envelhecimento, a longevidade e a economia, faz mais de uma década. E aqueles que me conhecem sabem bem que isto é mais do que uma área de trabalho, é uma missão e paixão. Dedico a minha vida profissional à causa da longevidade para que o máximo de pessoas possa tirar bom proveito do facto de irmos todos viver mais tempo.
Quando soube da intenção da Dantas Rodrigues e Associados em criar uma academia e de inserir no seu leque de cursos, o tema do envelhecimento fez-me todo o sentido. É fundamental estar-se informado, bem informado, principalmente naquilo que toca às pessoas mais velhas, à preparação para a velhice e às relações ente cuidador formal e cuidador formal. 

Ter pleno conhecimento da lei, das ferramentas já disponíveis, para garantir que a vontade da pessoa cuidada prevalece, que é respeitada, enquanto cidadã e pessoa sénior, seja em ambiente doméstico seja numa instituição, tudo isto são para mim questões extremamente críticas.

Ao longo destes anos tenho conhecido diversas situações, algumas delas com pessoas que me são muito próximas, que me revoltam pelo abuso, pela falta de atenção à pessoa sénior e mesmo por aquilo que muitas vezes se exige a quem cuida de outro. E aqui falo enquanto cidadã e cuidadora informal, embora os meus pais sejam independentes e autónomos em praticamente tudo o que fazem e vivem.
Quando me convidaram para fazer parte destes cursos dedicados seja ao cuidador informal e à pessoa sénior (para mim 65+), seja ao cuidador formal, fiquei muito feliz porque vai-me permitir contribuir para uma mudança de forma de estar de todos nós, para aumentar a literacia para o envelhecimento e para a difusão de informação crítica a quem cuida, seja de forma formal ou não, a quem é ou poderá vir a ser cuidado e a quem trabalha ou possui uma organização que cuida de pessoas seniores.

A difusão de conhecimento e informação atualizada, fidedigna e útil é uma forma de contribuir para a mudança da sociedade e é isto que se pretende fazer nestes cursos que estamos a promover. 
Embora sejam cursos de iniciação ao tema, ou seja, cursos básicos, pretendemos, desde já, atuar na mudança de atitude e de forma de estar. Aliar uma visão macro da realidade com uma visão de profundo conhecimento nos temas jurídicos que enquadram e regulam as relações, parece-me ser inovador e de forte relevo.
A mim cabe dar o contexto, abrir os olhos para questões fundamentais a todos os intervenientes e, com isso, venho materializar um pedido que me tem sido feito, por amigos e não só, que é de criar um curso/workshop ou outro tipo de iniciativa, que promova o conhecimento sobre como envelhecer e cuidados a ter.
Embora neste caso não seja a criadora destes cursos, não deixo de me sentir realizada ao estar envolvida nesta iniciativa que, obviamente, recomendo.

“Ter pleno conhecimento da lei, das ferramentas já disponíveis, para garantir que a vontade da pessoa cuidada prevalece, que é respeitada, enquanto cidadã e pessoa sénior, seja em ambiente doméstico seja numa instituição, tudo isto são para mim questões extremamente críticas”.

Cursos

Curso de Direito de Seniores

📖A formação possibilita aquisição de competências pessoais e conhecimentos jurídicos que servirão para a atuação junto de instituições sociais, do Estado, das clínicas e hospitais, das residências de acolhimento, da família do sénior, e do próprio sénior.

📅26 e 27 de Fevereiro

🕘das 9h às 18h

💻  Online

 Mais Detalhes 

Curso o Cuidador, também nas Instituições

📖A formação permite adquirir conhecimentos para implementar estratégias para desempenhar o papel de cuidador de forma eficaz promovendo o bem-estar não só da pessoa cuidada como do próprio cuidador formal e informal.

📅 15 de Março

🕘das 9h às 17h

💻Online

 Mais Detalhes 

 

Formadores

Somos o parceiro da sua formação jurídica. Contacte-nos

Quer receber a nossa newsletter de Formação Jurídica?

Subscrever Newsletter

 

WhatsAppInstagramFacebookLinkedInContactos

Lisboa
Av. Elias Garcia, 162 – 7º Dto.
1050-102 LISBOA
Tel.: 21 799 50 50 / 930 635 896
Fax: 21 799 50 59
Email: cedr@cedr.pt
Porto
R. de Camões, 117 – SLJ Salas 1-4
4000-144 PORTO
Tel.: 222 017 286
Fax: 222 017 268
Email: cedr@cedr.pt
Viana do Castelo
Rua de Aveiro, 198
Edifício Palácio, 1º Sala 109
4900-495 VIANA DO CASTELO
Tel.: 25 810 86 23
Email: cedr@cedr.pt
PT
PT

Ao usar o nosso site está a concordar com a Política de Privacidade, que inclui a utilização de «cookies». Ok